1. capa
  2. Negócios
  3. Economia
  4. Política
  5. Ambiental
  6. Cidades
  7. Opiniões
  8. Cultura
  9. Oportunidades
  10. vídeos

Empresário Capixaba Assume a Coordenação de Um Partido Político Italiano no ES

enviar por email

22/09/2017

Thiago Vicente Roldi e Ricardo Merlo (Deputato Italiano).

O empresário de Santa Teresa, na região serrana do Estado do Espírito Santo, que deve concorrer a uma vaga no Parlamento da Itália, Thiago Vicente Roldi, de 35 anos, é o novo coordenador do MAIE – Movimento Associativo Italiani All’Estero no Espírito Santo. A informação é de Luis Molossi Coordenador Nacional MAIE Brasil. A meta de Thiago é a de dar mais agilidade nos processos para aquisição de cidadania italiana para os descendentes residentes no país e melhorar de alguma forma o serviço consular que hoje é ineficaz.
Thiago que é presidente da LUISA – LIBERA UNIONE ITALIANI IN SUD AMERICA, já tem uma história de compromisso e desempenha uma atividade de voluntariado, de caráter educativo e formação. Ele passa a ser a última aquisição da equipe de coordenação do MAIE no Brasil. Nascido em Colatina ES, ele mora há mais de 25 anos com a família em Santa Teresa-ES, onde é empresário do ramo alimentício.
Luis Molossi ao anunciar o nome de Thiago Roldi disse: "Há uma crença generalizada de que os jovens italianos no estrangeiro não estão interessados no compromisso social e - de uma forma mais geral - que a segunda e terceira gerações não são particularmente atraídos por organizações políticas italianas. Este não é o caso de Thiago, um jovem descendente de uma família italiana, que é a última aquisição da equipe de coordenação MAIE no Brasil. Thiago já tem uma história de compromisso nesta área”.
Thiago está animado para participar efetivamente com o MAIE e a partir de agora segundo ele, “estará empenhado para fazer conhecer o programa político MAIE especialmente aos meus contemporâneos, sensibilizar para a participação na defesa dos nossos direitos como ‘italianos’ residentes no estrangeiro, mas também encorajá-los a desempenhar um papel ativo na política italiana”, disse Roldi.
“Com o compromisso cívico e social, de humildade, de perseverança e de uma boa formação política, mesmo nós que somos as novas gerações podemos e devemos aspirar a ter um papel na Itália. Por que nós italianos no estrangeiro - Roldi conclui – não somos cidadãos de série B, somos um grande recurso para o nosso país e devemos nos unir para fazer as mudanças necessárias".  Contatos: (27) 99763.5314 ou pelo e-mail: troldi@yahoo.com.br

Machismo Impede Mulher na Política do Brasil

O machismo institucionalizado continua sendo um dos temas de maior debate público no Brasil, principalmente na política, onde a desigualdade entre homens e mulheres...


Moro Dá 48 Horas a Lula Para Entregar Recibos Originais de Aluguel

O juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, deu prazo de 48 horas para a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entregar na Secretaria da 13.ª Vara Federal de Curitiba...


Ruralistas Vão Pressionar Governo Federal Por Perdão de R$ 17 bilhões

Produtores e lideranças rurais vão pressionar o presidente Michel Temer (PMDB) para que desista de recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF)...


Teatro da Vertigem Chega à Capital Capixaba

Após passar por Recife e Salvador, o projeto Kafka na Estrada – um projeto de viagem, do Teatro da Vertigem, chega a Vitória para temporada inédita...


Ver mais