1. capa
  2. Negócios
  3. Economia
  4. Política
  5. Ambiental
  6. Cidades
  7. Opiniões
  8. Cultura
  9. Oportunidades
  10. vídeos

Empresa Curitibana Produz Moveis Com Cordas Ecológicas

enviar por email

02/03/2017

Por: Redação*

 Há mais de 50 anos, surgia em Curitiba a GS Fibras Naturais, uma das principais empresas brasileiras do mercado de mobiliários Premium. Já consolidada no Brasil e em outros países do mundo, entre eles os Estados Unidos, a empresa resolveu inovar e criou uma linha ecológica exclusiva, com móveis desenvolvidos artesanalmente com corda ecológica, produzidas a partir da reciclagem de garrafas PET.
 
O PET (Poli Tereftalato de Etileno) é um plástico utilizado tradicionalmente em garrafas de refrigerantes, aguas e sucos. Mesmo com a aparência frágil, ele é de difícil degradação, o que acaba gerando grandes problemas para o meio ambiente. Por outro lado, sai matéria-prima pode passar por uma limpeza especial e ser reaproveitada para a criação de outros produtos. Pensando no bem do Planeta, a GS Fibras Naturais foi a primeira empresa brasileira a fabricar uma linha inteira de móveis com cordas PET, que utiliza em sua fabricação 100% de material proveniente de garrafas PET recicladas. Para produzir 1kg de corda PET, são tiradas da natureza 20 garrafas PET de 2 litros.
 
“Derivado do poliéster, o PET apresenta um alto grau de resistência, além de ter baixa elasticidade, o que o qualifica como um dos melhores materiais para utilizar na fabricação de cordas para amarração. Nossas cordas são testadas em laboratórios e possuem laudo técnico que atestam sua capacidade à ruptura, indicado qual é seu limite e garantindo um produto de qualidade para o consumidor”, explica Vitor Stival, diretor da GS. 
 
No total, a Linha PET da GS Fibras Naturais apresenta quase 50 peças exclusivas, entre elas o Puf Rosembaum, desenvolvido pelo designer Marcelo Rosenbaum, peça que recebe 60 garrafas PET em sua produção. Outros destaques da linha, disponíveis em várias cores, ficam por conta da das cadeiras Cottagge e Sarah; das poltronas Catarina, Cozumel, Gala, Sunshine, Umbrella, Lacada e Princess; dos pufs Max e Audi; da mesa de centro Val; e da espreguiçadeira Polo.
 
“Todas essas peças são montadas manualmente para garantir a máxima qualidade. Além das cordas ecológicas, nossos produtos são desenvolvidos com madeiras licenciadas, tudo para garantirmos a sustentabilidade dos nossos produtos e, principalmente, para contribuirmos para um mundo melhor para todos”, completa Vitor. (informações pelo e-mail: eduardo@pmaisg.com.br ou pelo site: www.pmaisg.com.br).

Melhor Método Para a Recuperação de Matas da Bacia do Vale do Rio Doce

Um estudo conduzido por pesquisadores do Laboratório de Ecologia e Restauração Florestal da ESALQ/USP busca estabelecer qual o melhor método para a recuperação...


As Mudanças no Marco Regulatório do Licenciamento Ambiental Brasileiro

A Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura considera que a eficiência e eficácia dos processos regulatórios conduzidos pelo Estado brasileiro são elementos centrais para o maior dinamismo da economia...


Lei Exige Projeto de Reuso de Água em Novos Empreendimentos do ES

De agora em diante, os novos empreendimentos do Espírito Santo deverão contar com um projeto de reuso e conservação de água. Aprovada no último dia 13...


Associaçao Nikkei Realiza 48º Festival de Culinária Japonesa

A Associaçao Nikkei de Vitória realiza no próximo sábado (27), das 18 às 22 horas, o 48º Festival de Culinária Japonesa. O Yakisoba, o Tempurá...


Ver mais