1. capa
  2. Negócios
  3. Economia
  4. Política
  5. Ambiental
  6. Cidades
  7. Opiniões
  8. Cultura
  9. Oportunidades
  10. vídeos

Setor de Petróleo e Gás no ES

enviar por email

28/09/2015

 por: Aline d´Avila*

A atividade de exploração e produção do petróleo e gás pode significar, para os estados e municípios, dois tipos de resultados. O primeiro deles consiste na obtenção de royalties e participação especial, ou seja, recursos como resultados de curto prazo. Porém, há também o resultado de longo prazo através do desenvolvimento industrial do território, que envolve desenvolvimento tecnológico, inovação, qualificação de mão de obra e competitividade da indústria.

A complexidade do setor de petróleo, com sua intrincada cadeia produtiva, ao mesmo tempo em que é fonte inesgotável  de oportunidades de crescimento para as economias locais, exige das empresas e das pessoas que desejam operar neste segmento um elevado nível de competência técnica e de gestão. O desenvolvimento de tais competências requer um esforço permanente de consolidação de um ambiente com grande dinamismo para apoiar o aperfeiçoamento tecnológico das empresas e a qualificação de trabalhadores. No Espírito Santo, não se verifica ainda a plena conformação dessa ambiência de estímulos à adequação produtiva e à inovação nas empresas fornecedoras de produtos e serviços para o setor de petróleo. 

Um indicador da necessidade de elevação da participação do estado na produção e desenvolvimento de produtos para o segmento é a sua participação no investimento em P&D das concessionárias de exploração e produção. como estabelecido no contrato de concessão, aquelas empresas devem investir, em P&D, 1% da renda bruta de todos os campos que pagam participação especial. Destes recursos, metade pode ser investida em Centro de Pesquisa próprio e a outra metade obrigatoriamente deve ser utilizada em Universidades credenciadas junto à ANP.

Os recursos de dispêndio obrigatório em P&D estão fortemente concentrados na Petrobras, mas nos próximos anos diversas empresas terão compromissos obrigatórios com investimentos em P&D. O Espírito Santo, pela diversidade de ambientes de exploração e produção, tem sido foco de iniciativas pioneiras da Petrobras, do ponto de vista tecnológico, mas ainda tem baixa participação na captação destes recursos. Dados da Petrobras indicam que de 2006 a 2012 foram investidos, dos recursos provenientes das obrigações contratuais, R$ 100 milhões em projetos de P&D no Estado

A necessidade de ampliar a divulgação da imagem do estado como o segundo maior produtor de petróleo do país, assim como as diversas vantagens comparativas para a instalação no Espírito Santo de empresas do setor, é fundamental para o crescimento de sua participação nos resultados nacionais. Reafirma-se assim,  a importância de articular as ações das diversas instâncias institucionais para elevar a eficiência dos esforços de empresas e governos e para estimular a criação de um ambiente que promova a elevação da competitividade local e gere oportunidades de negócios no setor. O Fórum Capixaba de Petróleo e Gás – FCP&G, criado em 2013, sob a governança tripartite da Petrobras, Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Federação das Indústrias do Espírito Santo, tem como objetivo promover esta articulação entre as diversas instituições. 

Uma das ações do FCP&G é a de promover a industria local por meio do desenvolvimento de fornecedores de produtos e serviços para o setor. Inicialmente o desenvolvimento de novos produtos para o setor de P&G se dava no âmbito das ações do Prominp Regional, sob a coordenação da Petrobras. Com a criação do FCP&G e a subseqüente assunção das funções do Prominp, aquela instituição passou a monitorar e apoiar estas ações. Assim, para operacionalizar a diretriz indutora de desenvolvimento de novos produtos e serviços para o setor petrolífero, o FCP&G instituiu os Programas Estratégicos de D04 – Atendimento às demandas tecnológicas e o D06 - Conexão Tecnológica. Estes programas atuam de forma complementar na atração de grandes empresas produtoras e seus grandes fornecedores para identificação de demandas tecnológicas e na busca de empresas locais que podem atendê-las desenvolvendo soluções.

As ações são articuladas entre o dois programas de tal forma que o Grupo de Trabalho do D04 mobiliza as grandes empresas para que participem do Fórum e apresentem suas demandas que são então,  encaminhadas para o D06 que promove a identificação das empresas locais capazes de desenvolver os produtos, forma e monitora os grupos desenvolvedores, segundo esquema simplificado abaixo.

Atualmente estão em desenvolvimento, por pequenas empresas locais, 7 produtos e 7 serviços demandados pela Petrobras (ver quadro 01). A maior parte das empresas desenvolvedoras é de pequeno porte e está em incubadoras capazes de mobilizar toda rede de apoio e fomento à inovação congregada pelo FCP&G, como o Sebraetec, editais de financiamento de instituições governamentais, Universidades, Centros de pesquisas e laboratórios.  

Quadro 01 – Produtos e serviços em desenvolvimento monitorados pelo D06

Código

Projeto de Produtos em desenvolvimento

ES-20

Desenvolver fornecedor para fabricação de hastes polidas e convencionais para unidades de bombeio.

ES-24

Desenvolver fornecedor para fabricação de centralizador para tubo de revestimento.

ES-28

Viabilizar a fabricação local de Bombas Alternativas Terrestres de Sub-Superfície para Poços de Petróleo (UBM)

ES-31 B

Desenvolver Fabricantes de Trocadores de Calor tipo Placas Gaxetadas para Plataformas Offshore

ES-34 A

Válvulas e Conexões até 2”

ES-36 A

Tubos rasgados para poços de petróleo

ES-39

Calços para Oleodutos e Gasodutos tipo Came

Código

Projetos de serviços em desenvolvimento

ES-27

Desenvolver Rede de Prestação de Serviços Laboratoriais para a Cadeia de Petróleo, Gás e Energia

ES-32

Monitoramento Distribuído de Temperatura em Poços com Fibra Ótica

ES-33

Equipamentos de Automação Industrial

ES-37

Revestimento de Internos de Válvulas e Tubulações

ES-38

Estudos e Aplicações de Tecnologias Especiais de Soldagem

ES-40

Manutenção e Inspeção de Acumuladores Hidráulicos e Amortecedores de Pulsação com Bexiga

ES-41

Técnicas Otimizadas de Inspeção e Limpeza em  Tanques, Vasos e Cascos de Embarcações


Por meio desta metodologia de apoio à inovação, que conta com a participação ativa da Petrobras na disponibilização de técnico especialista para cada projeto, na realização de Termos de Cooperação Técnica, na cessão de campos para testes dos produtos e na aquisição de lotes pilotos, mesmo sem a garantia de compra do produto acabado ou de financiamento direto, já está concluído e no mercado o projeto de  Tubos Isolados para Injeção de Vapor. Neste momento, a empresa que desenvolveu e produziu os tubos busca apoio para internacionalização do produto. Até o final de 2015, mais três produtos terão concluída sua etapa de desenvolvimento e serão lançados no mercado   

Este ano, o FCP&G, por meio dos Programas D04 e D06,  na busca do cumprimento da meta estabelecida de 60 demandas apresentadas em quatro anos, aumentou o escopo de atuação com a incorporação da SHELL, da Transpetro e do Cenpes e promoveu uma significativa elevação das demandas.  Durante a 8ª Feira da Metalmecânica, Energia e Automação – MECSHOW realizada na Grande Vitória, foram promovidos pelo Sebrae/ES e Petrobras, com o apoio do FCP&G,  três dias de encontros tecnológicos nos quais foram apresentadas, às empresas locais,  32 demandas por desenvolvimento de produtos e patentes. Houve manifestação de interesse pelo desenvolvimento de  26 delas,

Os encaminhamentos a partir de então, serão a seleção das empresas interessadas e a formação dos 26 Grupos de Desenvolvimento de Projetos.  A experiência adquirida nos últimos anos na condução de grupos de empresas inovadoras tem demonstrado que a efetividade (produto no mercado) desta metodologia advém do acompanhamento constante das diversas instituições de apoio, dentre elas as grandes empresas demandantes, em cada etapa do projeto. Tal monitoramento permite o atendimento imediato das necessidades das empresas desenvolvedoras no que tange à prospecção tecnológica, desenvolvimento de materiais, identificação de expertises e laboratórios especializados e, principalmente o apoio à colocação do produto no mercado nacional e internacional. Para tanto, a busca de parcerias institucionais capazes de auxiliar na solução de desafios tecnológicos e comerciais de empresas inovadoras é fundamental para o sucesso de programas que buscam fortalecer os encadeamentos produtivos de elevado valor agregado a exemplo da indústria do petróleo.

*Economista, Secretária Executiva do FCP&G





Intercâmbio Estudantil na Rússia Passa a Ser Um Dos Destinos Preferidos

Com a crise instalada no país, alguns estudantes universitários se beneficiam do momento para enfrentar o desafio de estudar em outros países, entre os quais a Rússia...


O 15º Prêmio Escola Voluntária Prorroga Inscrições

O 15º Prêmio Escola Voluntária realizados por alunos de escolas do Ensino Fundamental e Médio prorrogou suas inscrições no site http://www.escolavoluntaria.com.br até o próximo domingo, dia 10 de julho...


Inscrições Abertas Até Dia 5, Para Especialização Médica, em Minas

O Biocor Instituto e a Fundação Educacional Lucas Machado (FELUMA), mantenedora da Faculdade Ciências Médicas-MG, estão com inscrições abertas para o processo seletivo de Especialização Médica...


ONU Estima Que Mais de 1 Milhão Deixou Venezuela Nos Últimos 3 Anos

O Alto-Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur) que acompanha a situação da Venezuela estima que mais de 1 milhão de venezuelanos já deixaram o país e 110 mil pediram refúgio...


Gilmar, Toffoli, Lewandowski e Fux Na Mira Dos Pedidos De Impeachment

Da onda de pedidos de impeachment de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) no Senado Federal iniciada em 2016, quatro solicitações ainda estão em tramitação...


Mais De 20 Nomes Sonham Em Conquistar a Presidência

Além de políticos tradicionais, o pleito de outubro de 2018 deve ter caras novas como apresentadores de TV, banqueiros, um líder sem-teto, um cabo bombeiro e até um cirurgião plástico...


Ver mais