1. capa
  2. Negócios
  3. Economia
  4. Política
  5. Ambiental
  6. Cidades
  7. Opiniões
  8. Cultura
  9. Oportunidades
  10. vídeos

Mulheres do Interior Compram Mais Salto Alto Que as da Cidade

enviar por email

24/02/2017

 Uma pesquisa realizada com 1835 mulheres no Estado de São Paulo, sobre sapatos de salto alto revela dados inéditos de uso e comportamento da brasileira com o calçado. A pesquisa foi realizada pela fábrica de palmilhas Pés Sem Dor Ltda e está disponível ao público.

Uma curiosidade revelada pela pesquisa: mulheres de pequenas cidades compram mais que as mulheres de cidades grandes. Quanto maior a cidade, menor o consumo de sapatos de salto alto. Os preços variam de R$50 a mais de R$1000, mas a pesquisa nos mostrou que 70% das mulheres costumam pagar até R$199 pelos seus saltos. 
 
Outro grande destaque da pesquisa é a estatística de que 2/3 das brasileiras não conseguem ficar duas horas sem sentir dores com o calçado. Para Mateus Martinez, fisioterapeuta-chefe da Pés Sem Dor, "palmilhas ortopédicas reduzem danos e aumentam o conforto no calçado."

A escassez de artigos científicos foi o maior incentivo para o autor do livro "O Salto Alto e a Mulher Brasileira” Thomas A. Case, que surpreso, diz: "em plena recessão, 73% das mulheres compraram um par ou mais de salto alto nos últimos 90 dias. Quase 1/3 das brasileiras compraram três pares ou mais. Os shoppings e lojas de calçados agradecem!" O livro tem 72 páginas e o Thomas A. Case é presidente da Pés Sem Dor e também fundador da classificados de emprego Catho.

A Pés Sem Dor é a primeira a confeccionar palmilhas ortopédicas sob medida em impressoras 3D. Foi criada em 2009 pelo americano Thomas A. Case, que também é fundador da classificados de emprego Catho. Já atendeu mais de 50 mil pessoas e conta com parceiros na Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e China.

Mais informações sobre as palmilhas e produtos da Pés Sem Dor, acesse www.pessemdor.com.br. A pesquisa completa pode ser lida aqui: http://www.pessemdor.com.br/sobre-a-pesquisa-o-salto-alto-e-a-mulher-brasileira/ 
Para esclarecimentos sobre a empresa e a pesquisa, pelo (11) 3373-8198. 
Thomas A. Case, Ph.D. está à disposição para entrevistas no (11) 98180-3333.

 

Frente Parlamentar da Engenharia Discute Situação das Ferrovias Brasileiras

A Frente Parlamentar Mista da Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento realizou nesta quinta-feira (9/3) reunião na Câmara Federal, em Brasília...


Três Grandes Desafios Sindicais Para 2017

A situação atual do país e a prospecção para 2017 indicam que o grau de adversidade continuará muito elevado, com possibilidades reais de mais um ano com recessão...


Crise Fechou Mais de 18 Mil Lojas de Shoppings

Dezenove shopping centers foram abertos em 2016 em todo o país. Apesar disso, o setor apresentou queda no ano, com o fechamento de 18,1 mil lojas no período...


Planejamento de Carreira e Metas na Busca Por Nova Vaga na Crise

A Eliana Dutra, Coach, CEO da ProfitCoach e referência na área, conta que atitudes podem ajudar os brasileiros a conquistar uma oportunidade, como a definição...


MPES Abre a “Caixa Preta” da Cesan e Justiça Pede Esclarecimento

Um dia a casa cai! Depois que o “Baianinho” caiu na “malha fina” da Lava Jato, tudo vem a tona. E já começaram a investigar mais profundamente as falcatruas da empresa Delta...


Mais Ciclovias e Calçadas. Retrocesso não!


Ver mais