1. capa
  2. Negócios
  3. Economia
  4. Política
  5. Ambiental
  6. Cidades
  7. Opiniões
  8. Cultura
  9. Oportunidades
  10. vídeos

Vale Busca Mais 210 Engenheiros e Técnicos Para Carajás, no Pará

enviar por email

18/04/2016

Por: Redação*

A Vale está recrutando 210 engenheiros e técnicos especializados para trabalhar em Canaã dos Carajás, no interior do Pará. Os profissionais vão atuar no projeto S11D, que vai introduzir novas tecnologias na produção de minério de ferro no Brasil. A expectativa é de que a produção comece no segundo semestre deste ano.
 
A empresa já havia aberto 180 oportunidades profissionais para este que é o maior projeto de mineração de ferro da sua história. Todas já foram preenchidas ou mapeadas. Agora, a Vale se prepara para contratar mais 210 profissionais de engenharia e técnicos e outros 210 profissionais de nível médio, até o fim deste ano. Os interessados devem ficar de olho no site www.vale.com/brasil.

Para concorrer às vagas de trabalho no S11D, é preciso ter qualificação e experiência na área, além de disponibilidade para morar em Canaã dos Carajás, no sudoeste do Pará.
Entre as oportunidades, há vagas para engenheiros na área de manutenção, operação e planejamento, supervisores de manutenção e técnicos de automação, manutenção, elétrica, de minas e geologia. Há ainda uma oportunidade para médico do trabalho. Todos os cargos, segundo a multinacional Vale, são para profissionais com experiência em mineração.

Há ainda chances para forneiro, mecânico especializado, auxiliar técnico de manutenção, engenheiro pleno, geólogo, soldador, técnico mecânico, entre outras.
Segundo a gerente de recursos humanos para o Sistema Norte da Vale Vera Martins, engenharias de minas, mecânica e elétrica são as que concentram o maior número de perfis profissionais buscados especificamente para o S11D. 

Para os engenheiros, há oportunidades de nível pleno que exigem pelo menos três anos de experiência em mineração ou áreas similares - como a siderurgia por exemplo - e de nível sênior, cuja vivência prévia na área precisa ser superior a cinco anos. Já os cargos de supervisão podem exigir ou não formação superior, dependendo da área. No caso do supervisor de manutenção corretiva e preventiva, segundo Vera, o diploma superior não é mandatório. Para os profissionais técnicos especializados não há exigência de diploma universitário, bastando a formação técnica na área de atuação e a experiência profissional.

Os salários de acordo com a Vale são compatíveis com a remuneração praticada por empresas de grande porte e, no caso, dos engenheiros está dentro do estabelecido pelo CREA - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. ( Com informações da Exame.com).


Faculdade Multivix Abre Vagas Para Professores

São mais de 60 vagas, em diversas áreas, distribuídas entre cinco unidades no Estado O Grupo Multivix abriu processo seletivo para professores nas unidades de Vitória, Serra, Vila Velha, Nova Venécia e São Mateus...


CPFL Serviços Busca Eletricistas no Espírito Santo

A CPFL Serviços, empresa do grupo CPFL Energia, de Campinas, Estado de São Paulo que atua na prestação de serviços de infraestrutura energética...


O IBADE e Os Concursos Públicos no Espírito Santo

A fim de adequar sua estrutura à legislação vigente, a Fundação Carlos Augusto Bittencourt – FUNCAB, com vários anos de expertise na realização de processos seletivos e concursos públicos em todo o Brasil...


Professora do ES é 1ª no Prêmio Educador Inspirador

A professora Patrícia Peres Ferreira Nicolini foi a mais votada no Espírito Santo no Prêmio Educador Inspirador, promovido pela Quizlet, e chegou em sua fase final...


Consumidores Querem Reduzir Gastos em Dezembro

De acordo com os dados do Indicador de Propensão ao Consumo calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)...


As “Bombas” da Política de PH de 2003 a 2010 Começaram a Pipocar

Recebi a cópia de um trabalho de grupo sobre “Mercados Ilícitos e Processos de Criminalização: Desafios Metodológicos” tirado no XV Congresso Brasileiro de Sociologia...


Ver mais