1. capa
  2. Negócios
  3. Economia
  4. Política
  5. Ambiental
  6. Cidades
  7. Opiniões
  8. Cultura
  9. Oportunidades
  10. vídeos

Reciclando o Passado... - Atualizando o Presente...

enviar por email

27/03/2017

 Por Dilermano Teodoro (“ versão ampliada”)*
  
Diante dos últimos acontecimentos da política brasileira, pautado pela mídia, nas divulgações  dos sucessivos escândalos envolvendo políticos, das mais variadas matiz, lembrou-me do renomado filósofo contemporâneo, saudoso ‘MANÉ RAPAIZ’ e suas tiradas de profundo significado, atualíssimas nos dias de hoje. Certa madrugada, nos idos anos de 1967, ao encontrá-lo, bebericando generosas doses da ótima cachaça mineira, ocasião que se tornava ainda mais contundente e ácida em suas críticas. 

Lá estávamos na mais alegre e freqüentada rua de minha querida cidade - Mutum-MG. Importante centro de educação, cultura e lazer – RUA DA CORTIÇA – “ZONA”, na companhia de alegres, esvoaçantes e dedicadas “moçoilas” e alguns respeitáveis e honoráveis senhores da sociedade local, ele, a pronunciar inflamado discurso de cunho político filosófico, sobre o momento daquela atualidade política, por várias vezes interrompidas por calorosos aplausos. 

Até o sanfoneiro ‘FIO DO JOÃO PINTINHO’, interrompeu o magnífico e virtuoso concerto de forró, para apreciar aquela belíssima peça oratória. Lembro-me apenas de fragmentos de seu memorável pronunciamento, que dizia mais ou menos a sim: “O uso do cachimbo da esperteza e do antiético, põe a “boca” da ganância e corrupção, “torta e escancarada”. Como profecia disse ainda: “Um dia este país ainda há de se tornar tão alegre e festejado pelos políticos, como esta maravilhosa Rua – “Em uma grande Z O N ...A.” 

Achei que não viveria tanto, para ver esta profecia cumprir-se . Enganei-me! O Brasil de hoje tornou-se uma “Z O N A” do baixo meretrício, e seus derivativos regionais – cabaré, brega, rendvouz, recanto de raparigas, inferninho, puteiro, totalmente escrachado, esculhambado, vilipendiado pelos nossos excelentíssimos e dedicados políticos. Para que sua profecia não seja desmentida, ai está: Mensalão Mineiro – Mensalão PT Lula/Dilma - Petrolão do PT Lula/Dilma – Trem/Metrô da Alegria, Cartel de Empreiteiros, etc. etc. e tal...

Visionário convicto, dizia ainda: “ A história se repete, mesmo que em condições, situações e locais diferentes, mas inexoravelmente se repete”. Alias, exemplificando, temos o trágico acidente ocorrido, em 1967, com o empresário da noite “Geraldo Careca”, vitimado por uma “distraída e inocente bala perdida”- calibre 44. Naquela festiva noite junina iluminada pela bela queima de fogos, na trepidante Rua da Cortiça, tal como ocorre nos dias atuais nas comunidades ocupadas e pacificadas, na exuberante cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro – “Cidade Maravilhosa”. 

Lá, no Rio, “Empresários”, de atividades variadas e difusas, em conjunto com forças de segurança das “UPPS” protagonizam trágicos espetáculos com disparos indiscriminados de armas fogos, usando seus “brinquedinhos” AK-47 – AR-15 - Fuzil- Ponto-40 e Ponto 50,- Granada de Fragmentação, com mortífero espetáculo de Show pirotécnico com“ balas traçastes”, iluminando as noites das comunidades cariocas, levando morte e desespero a inocentes moradores locais, alvejados por “balas perdidas”. Tudo sob o manto sagrado, verde/amarelo do Pavilhão Nacional, tremulando envergonhado, hasteado no topo dos morros das Comunidades Pacificadas “UPPS”, simbolizando a presença mentirosa do Estado, na “Ordem e Progresso”, da “Grande ZONA dos Horrores”, patrocinada por políticos corruptos e autoridades incompetentes, no mais claro desprezo pelas vidas humanas daqueles que ali residem. 

Tudo transmitidos em tempo real pelos sensacionalistas programas policiais, editados e exibido nos telejornais noturnos, contribuindo com expressivo aumento em suas audiências. Autoridades nervosas e aflitas concedem inflamadas entrevistas, direto de seus bunkers, rodeados por seguranças armados, prometendo abertura de inquéritos, rigorosas investigações, punições severas aos culpados. A entrevista termina, a câmera é desligada, nada acontecem, as tragédias se repetem sucessivamente, é a novela da vida real que segue o seu curso..., com baixas de alguns figurantes e coadjuvantes... 
Transcorridos  cinqüenta anos, as observações do extraordinário filósofo, “profeta do apocalipse” nunca estiveram tão atual. Sábias palavras de meu querido e saudoso Filósofo, ‘MANÉ RAPAIZ’, companheiro inseparável da boemia, nas inesquecíveis madrugadas na trepidante RUA DA CORTIÇA, ele bebericando generosas doses de destilados, eu, apreciando uma “loura gelada” é claro. O Brasil de hoje é, sem dúvida, o “Retrato Ampliado” da Rua da Cortiça de outrora... Brasília, “UMA GRANDE ZONA” frequentado por venais Políticos, disfarçados de proxenetas e cafetões, negociando Recursos Públicos da “VIÚVA” - Pobre Nação Brasileira... 
Fazenda Sta.Fé do Mutum – março 2017 – Ariquemes-RO.

Assuntos Banais

Já faz muitos anos que uso o ônibus como transporte. Parei de me estressar no trânsito desde que me aposentei...


Gente Assim Como a Gente

Foi numa manhã quando seguia para a avenida onde faço a caminhada matinal que percebi a pequena construção debaixo da grande mangueira, quase na esquina...


Fazenda Boa Esperança – Uma Torre de Babel Caipira

Transcorrido mais de meio século, resolvo destampar a “chaleira”, meio esquecida, mas ainda quente, sobre a trempe fumegante do velho fogão de lenha...